Os museus, você e o mundo

Os museus no Brasil existem desde a vinda da família real e são um marco do ápice da cultura e civilidade deste país ao longo de sua existência. Apesar de situações dramáticas que possam sugerir um cenário desalentador, como o ocorrido com o Museu Histórico Nacional, podemos citar como contraponto o trabalho de restauro do Museu Paulista, com reabertura prevista para 2022 e a recente conquista do Museu do Amanhã com a premiação como instituição de “soft power”, o Leading Culture Destinations Award. Uma série de ferramentas legais e iniciativas tanto da esfera pública como da sociedade civil têm sido criadas para fomentar a presença e a inserção dos museus e suas coleções na sociedade. Trata-se de um momento vibrante, onde os museus brasileiros podem ser um caminho a iluminar o futuro com o envolvimento e o engajamento de todos.

Este curso propõe uma introdução ao universo dos museus, apresentando sua história no Ocidente, a formação das grandes coleções e o papel de colecionadores e apoiadores destas instituições, apresentando a trajetória, a importância, as conquistas dos museus no mundo e a situação atual brasileira.

Programa

1- Breve História dos Museus no Ocidente;

2- As Grandes Coleções e os Museus;

3- Colecionadores, Mecenas e Museus: o papel de cada um;

4- Museus no Brasil: da Casa dos Pássaros ao Museu do Amanhã.

Com Nilo de Almeida

Início: 05/06


• 1 vez / semana
• 4 encontros:
Junho: 05, 12, 19 e 26
• 4ª f., das 19h30 às 21h30


Público alvo: livre.

 

Investimento: R$ 400,00 

Pagamento: Depósito em conta e boleto.

Inscrição:
contato@verticeespacocultural.com.br
ou tel. : 5090.1645

Com Nilo de Almeida

Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (1992) e mestrado em Museologia pelo Programa de Mestrado Interunidades em Museologia da Universidade de São Paulo (2015). Tem experiência na área de Artes e Museologia, com ênfase em Fundamentos e Crítica das Artes. Museólogo credenciado pelo Conselho Regional de Museologia de São Paulo (COREM 248 II). Atuação profissional: em 1996 atuou com estágio- Enquadramento Funcional Hirshhorn Museum and Sculpture Garden, HMSG, Estados Unidos. Em 1997/98 atuou como pesquisador- Enquadramento Funciona no Smithsonian Institution, SMITHSONIAN, Estados Unidos. De 2001 – 2005 / 2009 – 2011 foi Gerente de Preservação da Memória e Diretor do Museu de Santo André. Desde 1990/ atual é agente cultural na Prefeitura Municipal de Santo André, PMSA, onde é coordenador da Casa do Olhar-Luiz Sacilotto.